FANDOM


Saffrom

Mapa de Saffrom

A Terra das Torres Editar

A ilha de Saffrom é mundialmente conhecida pela presença dos anões, o continente esta repleto de suas fortalezas subterrâneas e suas poucas estruturas na superfície sendo suas torres de vigia, dando a Saffrom o apelido de Terra das Torres

Saffrom oscila entre altas montanhas e planícies verdejantes, sendo essas montanhas extremamente ricas em diversos minerais, incluindo as raras Gema-Castelo, pedras preciosas do tamanho de pequenas casas. A temperatura das planícies de Saffrom oscilam entre 29°C a 35°C, sua vegetação por maior parte é rasteira, com presença de poucas árvores mais grande diversidade de arbustos e gramíneas. A umidade beira 67%, portanto é comum a ocorrência de chuvas rápidas e fracas.

Embora consideravelmente altas, a maioria das montanhas de Saffrom são desprovidas de quantidade significante de neve em seus picos, esse fato se dá a presença da Urugt'hei, um vulcão extremamente ativo que começou sua atividade alguns séculos atrás. A pouca vegetação que existe nas montanhas são os chamados Arbustos-Faisqueiros que crescem próximo dos rios de lava que correm pelos diversos vales entre as montanhas.

Os poucos assentamentos humanos que existem no continente são, em sua maioria, pequenas vilas que se formaram envolta das minas estabelecidas pela casa Ascelinn, Com exceção de Portkas, uma cidade portuária com uma boa quantidade de habitantes e principal porto de acesso de Saffrom; E a capital oficial do continente, Vers, Ambas as cidade são habitadas por humanos, mas suas fundações são de obra anã, principalmente Vers, que tem em seu centro a famosa Cidadela de Vers, uma fortaleza quase impenetrável que segundo as lendas seria a entrada para os reinos subterrâneos dos anões.

Apenas lendas e antigos registros sobram da existência dos anões e de sua cultura. Seus trabalhos de arquitetura, mecânica e principalmente metalurgia são lendárias. Reza uma antiga lenda que um mestre-ferreiro anão forjou uma armadura dourada para o Deus-Dragão Alosh, que em troca protegeria o continente e seu povo. Segundo a lenda, Alosh ainda habita as cavernas e tuneis antigos de Saffrom, mas com o tempo essa história foi se tornando cada vez mais incompreensível e desconexa com a realidade, e qualquer textos ou evidências foram perdidas para o tempo. Mas o nome do continente provém dessa lenda.

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.